domingo, 21 de novembro de 2010

Lojas Cem... clientes

E aí povo, tudo bem? Fazia tempo que eu não contava um causo meu por aqui, né? E olha que legal, ele acontece justamente quando to em provas finais no colégio (na verdade, essas pouco importam pq já passei, mas como falei não vou largar mão também) e estudando para vestibulares... Ou seja, não tenho tempo pra ficar perdendo com funcionário papagaio-burro. Mas parece que eles escolhem a dedo as vítimas... enfim, aí vai a história desde o começo:

Meu secador queimou. E como o clima aqui não está muito estabilizado (num dia é verão, no outro é inverno) eu sinceramente não to nem um pouquinho afim de lavar meu cabelo num dia frio, não poder secar e ficar resfriada depois. Pois bem, fui com a minha mãe comprar outro. Como o tempo tá realmente corrido, aproveitei um dia que fui até praticamente o outro lado da cidade e demos um pulinho nas Lojas Cem já que dava para pagar em cash mesmo e não ia precisar de maiores formalidades.

Fomos super bem atendidas, realizamos a compra numa boa e a retirada do produto foi super rápida. Tudo ia bem até que uma das funcionárias foi testar o secador e não conseguiu.
- Não entra na tomada, mas se der defeito pode devolver até 72 horas.
- Bom, esperamos não ter que devolver, porque o problema não seria devolver e sim vir até aqui de novo.
Quem diria que devolver seria sim mais um problema... E na hora pensei que ela só tivesse um tipo de tomada lá o que já é estranho, porque normalmente as tomadas já vem adaptadas para pelo menos dois tipos, e mais recentemente as tomadas com plug triplos estão sendo muito usadas como as que vocês podem ver abaixo:



Acontece que o plug não era de nenhum desses tipos. Era redondo, duplo só que mais grosso do que esse convencional. No dia seguinte antes de voltar à loja passei em uma loja de materiais de construção perto de casa e o atendente me explicou que pra esse tipo de tomada ainda não existe adaptador porque eles queimam muito fácil já que a voltagem é alta demais. Voltei à loja então querendo trocar o maldito secador.
- Só trocamos aparelhos com defeito.
- Mas isso é defeito e vocês me deram 72 horas para trocar.
- Mas só aceitamos devolução do produto em caso de defeito.

Peraí, e a história da "satisfação garantida ou seu dinheiro de volta?". Eu estava decidida a trocar o secador por um que tivesse um plug que servisse nas tomadas da minha casa.
- Basta comprar um adaptador em qualquer loja de construção.
- Antes de vir aqui eu passei em uma e eles me disseram que não existe adaptador.
- É claro que existe, essa é a nova norma da Inmetro, é só ir no Tanaka e comprar. Custa R$1,50. Até a mãe do gerente comprou um adaptador.

Pronto! Já apelaram pra mãe do gerente e pra quantia de dinheiro. Eu paguei aquela porra à vista e elas estavam achando que eu não queria comprar uma droga de um adaptador que custava R$1,50 e por isso queria trocar o aparelho. E aliás, Tanaka é uma daquelas lojas de variedades, de R$1,99. Elas nem ao menos sabiam o que é uma loja de materiais de construção.
- Não vou comprar adaptador nenhum, eu quero trocar o secador. Se nem a loja de vocês tem tomadas que servem por que a minha casa tem que ter?
- Mas é só comprar o adaptador... é a nova norma da Inmetro.

Vocês tem noção de quantas vezes eu ouvi essa frase acima? Suficientes. Minha mãe foi chamar o supervisor porque nem o incompetente do gerente cuja mãe tinha comprado o adaptador estava disponível no momento.
Enquanto isso outra funcionária foi testar em outra tomada pensando que era do mesmo tipo dessa tomada tripla branca da foto acima.
- Filhinha, esse não é o mesmo tipo de adaptador, agora vocês entenderam o que eu quis dizer? Não tem tomada que sirva nisso, nem na minha casa e nem na loja de vocês. Além do mais os adaptadores aguentam até 17 watts só, esse produto é de 20 watts.
- Mas na tomada tá dizendo que vai até 2000 polegadas.

Eu estou até agora tentando descobrir a relação que ela enxergou entre os watts e as polegadas.... Nesse meio tempo o supervisor chegou e pelo menos ele percebeu que a tomada era diferente. Aí ele autorizou a funcionária a trocar o secador, mas a confusão não parou por aí.
Acabei escolhendo um secador mais barato, mas que pelo menos cabia na tomada. Ela testou e viu que funcionou. Mas como eu disse, era mais barato. Precisamente, R$30,00.
- Não podemos devolver o dinheiro, você tem que escolher outra mercadoria para inteirar o valor.

Como assim???? Eu paguei à vista, estou devolvendo o produto e não posso ter malditos R$30,00 de volta de uma forma simples? Aí minha paciência e meu educado modo de falar chegaram ao limite. E comecei a tirar sarro da funcionária.
- Por que vocês não levam um faqueiro?
- É, mãe. Por que não levamos um faqueiro de R$148,00? Afinal não temos facas o suficiente em casa... chega a não conseguir fechar a gaveta.
- Ou então um jogo de xícara...?
- Olha só R$ 129,00. E vocês não vendem separado, né?
- Não, só o conjunto inteiro. Tem também uma escadinha...
- R$ 49,00. Não tem nada nessa loja que custe R$ 30, 00 como você quer que eu compre outra mercadoria no valor de R$ 30,00 se não tem nada que custe R$ 30,00?
- ...
- Quer saber, não vou comprar nada, vou lá falar com o supervisor para ele me devolver os R$30,00 e pronto.

Fomos falar com o supervisor de novo, ele mandou a funcionária anular aquela compra e fazer outra. Finalmente iríamos ter a diferença de volta, um secador que cabia na tomada e poderíamos voltar para casa. Enquanto esperávamos a funcionária anular a compra ficamos olhando a loja e reparando. Não tinha viva'lma naquele lugar... foi quando falei:
- É, realmente a loja faz jus ao nome. Lojas "Cem" cliente nenhum viu, agora já sei o porquê.

Depois de muito custo, fomos no caixa pegar os R$30,00 e o secador. O secador está funcionando que é uma beleza e os R$30,00 não precisaram ser gastos com mercadoria inútil. Comprar nas Lojas Cem, nunca mais.

Um comentário:

Jacky disse...

Nossa, essa historia foi parar aki! LOL ALOK, é pelo jeito o negocio foi sério msm =/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...