domingo, 1 de agosto de 2010

Curso rápido com Datena: como se mostrar ignorante e preconceituoso em rede nacional

Eu fico sem publicar nada por 2 meses no blog e quando volto é para falar sobre um assunto tão desagradável. Maldita hora que passei pela sala e meu pai assistia ao Brasil Urgente. Não gosto de discutir sobre religião, Deus ou a falta deles, mas tem hora que é necessário.

Nesta última terça-feira dia 27, Datena teve a infeliz ideia de expor sua "opinião" sobre as pessoas que não tem Deus no coração ao transmitir seu programa. Acontece que essa "opinião" se tornou um verdadeiro discurso de pastor, proferindo afirmações como "apenas quem não tem Deus no coração é criminoso" ou "quem votou 'NÃO' na enquete sobre crer em Deus deve estar votando de dentro da cadeia" logo, todos os ateus - e apenas os ateus - seriam criminosos. Vale lembrar que a maioria dos presidiários creem em Deus, afinal Ele os perdoa, permitindo-os que saiam da cadeia e voltem a cometer os mesmos crimes.

Em seguida, Datena declarou que "todos os crimes hediondos do mundo são causados por ateus, que não tem limites, são podres e inescrupulosos". Lembrando também que os padres pedófilos da igreja católica tem muito Deus em seus corações, e que a Inquisição Católica Romana foi, em nome de Jesus Cristo, um esquema montado por sacerdotes católicos para matar todos os "hereges" na Europa.

Voltando à enquete, a pergunta era "Você acredita em Deus?". Só para constar, o percentual de pessoas que não acreditam em Deus equivale a 7,35% da população brasileira e isso corresponde a 14 milhões de pessoas - baseado no Censo de 2000. É claro que não foram todas essas pessoas que participaram da enquete, tal como os que acreditam também não. Mas mesmo assim, quando a enquete foi encerrada, o percentual de pessoas que acreditam em Deus era muito maior. E então nos perguntamos: Se temos tantos cristãos no país, porque a criminalidade é tão alta? Não eram apenas os ateus que cometiam crimes? Lembrando que era apenas uma enquete rápida do programa, e os únicos beneficiados não são os que acreditam ou não em Deus e sim os produtores do programa, pois a enquete só vale para gerar dinheiro.

Falando em quantidade de crimes, vamos fingir que Deus existe e usar a própria Bíblia como base para alguns números. As mortes causadas por ou em nome de Deus, chegam a um número aproximado de 2.270.365 mortes. Ainda usando a Bíblia como base, se formos analisar as mortes causadas pelo Diabo, teríamos em torno de 10 mortes apenas. Menciono isso pois Datena também chegou a declarar que tais crimes que ele noticiava "só podiam ser coisa de gente que não tem Deus no coração, de gente que é aliada do capeta". Que Deus estranho que mata mais do que o próprio Diabo.

Para finalizar, Datena já foi processado por discriminação contra travestis - no caso, discriminação sexual. E discriminação religiosa também é crime. Para evitar isso, no final do programa ele declarou que "respeita os ateus", tentativa um tanto quanto falha afinal, sua intolerância religiosa mostrou uma ideia bem diferente de respeito.

Update 02/08: vi no Sedentário & Hiperativo alguns links interessantes:

No site ATEA (Associação Brasileira de Ateus e Agnósticos) vocês podem ver a transcrição dos trechos ofensivos do programa:
http://atea.org.br/index.php?view=article&catid=923:dia-a-dia&id=192:datena-e-os-ateus&option=com_content&Itemid=104

Ainda no mesmo site há orientações para denúncias que podem ser feitas gratuitamente e até online:
http://www.atea.org.br/index.php?view=article&id=194:datena

-----

O blog Bule Vador traz um ótimo texto de resposta:
http://bulevoador.haaan.com/2010/07/28/nao-datena-nao-temos-deus-no-coracao/

E além disso, o blog ainda comenta os dispositivos legais para os que queiram tomar uma atitude, incluindo denúncias ao Ministério Público:
http://bulevoador.haaan.com/2010/07/30/datena-dispositivos-legais/

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...